}

pesquise aqui

28 de set de 2010

Gabi

Gabi era uma loirinha charmosa. Ela recebeu o nome da avó e adorava contar a história da velhinha que se casou 4 vezes, fumava em público e fez escola de pilotos de avião, em pleno início dos anos 40.
Gabi também queria ser uma mulher transgressora, fazer alguma coisa que ninguém tinha feito. Ela queria honrar o lindo nome que tinha e que batizou uma mulher que ela admirava.
Mas o medo era seu grande adversário. Gabriela era medrosa, mal andava de elevador. Se eu chegasse a 100km/h no meu golzinho 92(em 1999) ela se agarrava ao puta-que-pariu e fechava os lindos olhos azuis, que aliás, piscavam descontroladamente quando Gabi estava nervosa.
Ela adoraria saltar de paraquedas(sem hífen), subir o Himalaia, ou mesmo se aventurar numa montanha russa, mas mal se equilibrava numa bicicleta e quando saíamos pra pedalar, ela desistia meia hora depois, com a desculpa de estar tonta, fraca ou cansada.
A expectativa do outro, em relação ao que podemos ser, é terrível. Mas a expectativa de nós mesmos em cima do que tentamos ser, é muito pior. Às vezes vendemos pro outro, a imagem daquele que admiramos, gostamos e desejamos ser. Na verdade, é um engano duplo. Frustração garantida.
Gabi era um anjo de menina. Gente boa, estudiosa e muito bonita. Mas ela queria ser a mulher coragem do seu álbum de família e por isso, nunca conseguiu ser plenamente, nnguém.
Cada mulher que passa na minha vida, deixa alguma coisa e leva outras. Há momentos inesquecíveis com a maioria delas e Gabi está nessa galeria, como a garota que tinha medo de altura, mas se jogava na vida de uma forma pura, acreditando inclusive, que podia se tornar alguém tão diferente dela.
Essa e minha singela homenagem a uma mulher a quem desejo o encontro da felicidade genuína com momentos de medos, conquistas, derrotas e belas histórias pra contar.

2 comentários:

  1. Achei minha xará. Como ela, adoro meu nome... Qe até a hora de eu nascer, era Luiz Gustavo!, hahah

    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Valeu, Gabi!
    Que bom que o Luiz Gustavo ficou só no projeto.
    Bem vinda!! :)

    ResponderExcluir