}

pesquise aqui

5 de abr de 2011

Tatiana

Ela é daquelas mulheres chave de cadeia.
Feita sob medida para um pacífico como eu.
Não leva desaforo pra casa.
Não curte homem canalha.
Fala alto e com dedo em riste.
mas fica doce quando eu chego com flores.
E quando compro uma lingerie preta que deixa suas sardas mais lindas.
E se derrete quando eu falo francês no seu ouvido.
...
Aí eu sumo 3 dias, tenho trabalhado muito, deixei recado na caixa postal, ela nem viu...
e meu telefone toca às 7 da manhã com o triimm que é só dela.
Chave de cadeia renovada.
Acabou o efeito calcinha preta.
Não adianta eu falar francês ou qualquer outro idioma.
Tati está muito zangada.
Melhor eu esperar.

Um comentário:

  1. Ah, Tati... Releva, vai? Francês no ouvido é covardia, né? Beijos, Dumonte.

    ResponderExcluir