}

pesquise aqui

20 de mai de 2010

a última vez.

eu disse não um milhão de vezes.
Na frente do espelho, enquanto me barbeava e ouvia James Taylor na música mais chata dos últimos 100 anos.
Eu disse não quando vi o email, e quando senti a vibração do celular no meu bolso.
E desci feliz, pro meu café fim de noite, a resistência é uma dádiva, é para os fortes. 24 horas de um herói e sua resistência.
O pau e a cabeça trabalhando em parceria. a gargalhada chega farta à minha garganta.
Caminho lentamente, a portaria, o lar, logo ali. Pensei em dormir sem wiskie, sem punheta, sem úlcera.
Aí vi o salto alto e as unhas vermelhas, reflexo pelo blindex...
e vc ganhou de novo.
Mas, aviso que foi a última vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário