}

pesquise aqui

20 de mai de 2010

enquanto ela dorme.

Eu gosto de deixar uma mulher cansada. Exausta.
Enquanto ela dorme, eu me pavoneio, me acho o cara foda que fez aquela buceta descansar.
Enquanto ela dorme contorno o umbigo.
E vejo que há um sorriso disfarçado nos lábios frios.
Acendo um cigarro e vou à janela.
De longe as pernas dela, se enrolam num resto de lençol e eu penso que morreria sendo aquele tecido amassado no meio das coxas que guardam as marcas do nosso gozo e da nossa vontade.
Eu me espreguiço e vou para o lado oposto à janela: gosto de olhar sua nuca e dos pelos finos que descem pelas costas e encontram  aquela bunda tamanho M, provocativa e escrachada.
E as pernas de novo, ah, as pernas...e o lençol no meio delas outra vez.
O quarto cheira a desejo saciado, mas o espelho me mostra que eu ainda quero mais.
O sonho que vc sonha e o lençol que vc afaga podem esperar.
Abra os olhos, a vida real pode ser bem mais divertida. De novo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário