}

pesquise aqui

7 de jul de 2010

Lara II

Larinha é a mulher da minha vida. Chegou de surpresa quando eu era um aprendiz de vagabundo, fez uma bagunça danada dentro de mim e me conquistou pra sempre. Já fiz um post sobre isso e pra quem não leu, tá aqui.
Lara é linda e eu sou o típico pai babão e ciumento, tipo que nunca gostei de encarar por mulher nenhuma. Tento me controlar, ser moderninho, mas volta e meia me pego fechando a cara diante de um malandro folgadinho, ainda que seja só pelo facebook ou pelo orkut.(sim, eu bisbilhoto e assumo).
Semana passada ela me ligou, disse que queria vir a SP me ver, que adoraria assistir umas peças, ir a uns museus, curtir umas baladas...  Férias na faculdade e passeio na casa nova do papai.
"Perfeito!" eu disse, já pensando no roteiro e  imaginando o encantamento dela diante da Av. Paulista.
Antes que eu ficasse mais empolgado, ela mandou na lata: "Pai, eu vou com o Tiago, tá?"
Quem? Que porra é essa? Virou bagunça? - isso foi só o que eu pensei, antes de respirar fundo e responder resignado:
"Tá, filha...vem sim. Vou preparar o segundo quarto pra vocês e comprar um edredom novo, porque aqui tá fazendo um frio da porra."

Nenhum comentário:

Postar um comentário