}

pesquise aqui

15 de fev de 2011

Gláucia

Gláucia tinha um jeito pedante, uma voz rouca e uma boca carnuda. Tinha braços desenhados pelo supino e abusava dos decotes porque sabia que seus peitos eram responsáveis por desastres de toda natureza.
Ela me deu três foras seguidos, com o olhar firme numa época em que poucas mulheres me davam foras seguidos.
Ela disse que odiava cafajestes, numa roda onde os cafajestes eram um sucesso absoluto.
Gláucia usava mini saia e exibia pernas torneadas, mas fechava a cara se alguém soltasse uma piadinha.
Era mal humorada e quase triste. Mas quando sorria, gargalhava alto, abria um leque de intenções e se fechava novamente.
Braços fortes, pernas desenhadas, charme e soberba.
Esperaria a vida toda pelo 4o. fora dessa deusa, só para ter mais alguns segundos daquele olhar gélido dentro do meu olho de novo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário