}

pesquise aqui

13 de abr de 2010

sampa

Cheguei em sp, vôo das 07:00 saido de confins do mundo.
aquele frio aquecido de sampa,o movimento e as cores. pessoas com pressa, frota novíssima nas ruas. Tudo tão rápido que BH e seus quase três milhões de habitantes, parece cidadezinha do interior, uai.
As mulheres daqui, são mais loucas que as de outros mundos, possuem uma aura modelada na poluição da cidade, fumam desesperadamente e fazem dietas esquisitas,
sem carboidratos,sem proteínas, com muito álcool e baladas. Mulheres loucas e adoráveis. Poderiam ter mais bunda, se eu pudesse alterar o projeto, mas a colonizaçao oriental acrescentou nos cabelos e olhos o que tirou da retaguarda. Foi uma troca injusta, mas tenho que reconhecer: cabelos bons de pegar e puxar, olhos e sua miscigenação sensual. Paulistanas e sua disciplina, seus conjuntinhos indefectíveis, meia fina(como eu sou louco por uma meia fina)e saltos altíssimos.
Cheguei a algumas horas, fumei dois cigarros, liguei para uma velha amiga carioca perdida por aqui(linda e inteligente),
tomei um fora elegante e um café no Starbucks e agora vou à luta.
Minha diretora usa meias finas e saltos altos, então preciso me concentrar na pauta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário