}

pesquise aqui

19 de jun de 2010

Acho que eu vi você chegar.

Mulheres são criaturas perturbadoras.
Você até acredita que sua vida segue uma certa rotina e tem uma certa organização.
Mas aí um certo par de pernas com buceta no meio, chega para diminuir suas oito sagradas horas de sono.
Mulheres são uma ameaça constante, porque eu até procuro não atravessar rua fora da faixa de pedestres e tenho diminuído gradativamente o número de cigarros no dia, mas em relação a elas... eu nada posso fazer. Quando chegam de repente, não tenho tempo de dizer não. Quando chegam devagar, não percebo sua presença... Difícil essa minha vida de malandro apaixonado por bucetas quentes. E faz frio nessa porra dessa terra, me tiraram a visão das mini saias e me deram a vontade de dormir aquecido, beber chocolate quente com conhaque e sentir cheiros ácidos e gostos adocicados.
Mulheres são criaturas perturbadoras. Se choram, eu me comovo mesmo sabendo que a lágrima é a arma feminina mais óbvia do mundo. Se riem, eu me derreto ainda que sorrisos sejam usados para nos conquistar e acreditar que elas são sempre bem humoradas. Se me largam, me ofendem e me desprezam...
aí eu gamo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário