}

pesquise aqui

3 de jan de 2012

Carolina

"Carolina é uma menina bem difícil de esquecer..."  Foi assim que ela se apresentou entre fogos de artifício e doce de leite nos lábios.
Ela é mineira como eu, mas mora no Canadá desde os 18 anos. Fomos nos conhecer lá naquela terra fria, para onde fui me esconder de meus fantasmas e buscar paz e serenidade no fim de ano. Meu amigo Caio e sua família linda me receberam com tanta alegria que eu não poderia deixar de registrar aqui, no meio desse post safado, o meu muito obrigado!
Natal com coral, renas e vodca. Reveillon com festa, neve, crianças por toda parte e Carolina.
Que bonita a mineira canadense, olhos negros, corpo esguio, cabelos curtos e sorriso largo. Fumante inveterada na hora que eu já tinha decidido parar, ela pediu para eu acender uns 4, isso já em 2012.
Eu não sei da onde meus amigos tiram essas mulheres loucas, mas deve ser mais ou menos assim: "Vi uma doida ali do outro lado da rua, vamos apresentá-la pro Rubão!"
Eu que já não gosto de uma maluquete, chamei Carol pra conhecer São Paulo, rever BH, passear na Disney no carnaval ou apenas me fazer acender mais uns 2 cigarrinhos, só pra matar minha secura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário